Mosteiro de São João de Tarouca

Mosteiro de São João de Tarouca, Sao Joao de Tarouca

Mosteiro de São João de Tarouca - Sao Joao de Tarouca

Mosteiro de São João de Tarouca - Sao Joao de Tarouca
4.5
Locais históricos • Pontos de interesse e marcos de referência • Jardins
Das 10:00 às 13:00, Das 14:00 às 18:00
Terça-feira
10:00 - 13:00
14:00 - 18:00
Quarta-feira
10:00 - 13:00
14:00 - 18:00
Quinta-feira
10:00 - 13:00
14:00 - 18:00
Sexta-feira
10:00 - 13:00
14:00 - 18:00
Sábado
10:00 - 13:00
14:00 - 18:00
Domingo
10:00 - 13:00
14:00 - 18:00
Informações
Mosteiro masculino da Ordem de Cister: a sua construção iniciou-se em 1154, impondo-se como a primeira edificação cisterciense em território português. Com a sua fundação intimamente ligada à fundação da nacionalidade e à figura de D. Afonso Henriques, o complexo monástico foi largamente ampliado no século XVII e XVIII com a construção de novos edifícios, de entre os quais se destaca um novo e colossal dormitório. Em 1834, com a extinção das Ordens Religiosas em Portugal, a igreja foi convertida em igreja paroquial e as dependências monásticas foram vendidas em hasta pública, sendo os seus edifícios explorados como pedreira até aos inícios do século XX. Tendo a sua igreja sido classificada como Monumento Nacional em 1956, sendo esta proteção estendida a todo o conjunto em 1978, em 1996 o Estado Português iniciou a gradual aquisição de toda a área monástica, sendo a igreja sujeita a um completo restauro entre 1998 e 2010, e as dependências monásticas a uma exaustiva escavação arqueológica entre 1998 e 2007, tendo a sua musealização ficado concluída em 2013. A abertura integral e integrada de todo o espaço está prevista para 2015, aquando da finalização da intervenção na Casa da Tulha, antigo celeiro monástico, que acolherá o centro interpretativo do sítio.
Duração sugerida
1 a 2 horas
Sugira edições para melhorar o que apresentamos.
Melhorar este anúncio

4.5
50 avaliações
Excelente
28
Muito bom
17
Razoável
5
Fraco
0
Péssimo
0

Joana Dias
Sao Joao da Madeira, Portugal836 contributos
dez de 2021 • Casais
Impressionante estrutura.
Não visitamos o interior mas ficou o interesse em conhecer o passado do local que, pela imponência deverá ter sido muito rico.
Escrita a 13 de dezembro de 2021
Esta avaliação é a opinião subjetiva de um membro do Tripadvisor e não da TripAdvisor LLC.

Catiosan
121 contributos
abr de 2021
A entrada são 3 euros por adulto e compra-se no Centro Interpretativo, o edifício branco em frente do Mosteiro e da Igreja. Tem acesso a pessoas com mobilidade reduzida, mas só permite visitar a parte mais baixa das ruínas.
No Centro Interpretativo assiste-se a um vídeo que faz a reconstituição do Mosteiro, em 3D, ao longo dos tempos. Também se podem ver algum do espólio encontrado nas ruínas do Mosteiro.
Depois podemos visitar o Mosteiro que está praticamente em ruínas mas que vale a pena visitar.
Como estava um dia soalheiro passeámos por toda a área circundante do Mosteiro, dentro do próprio Mosteiro.
Aproveitámos para lanchar sentados nos muros da Capela de Santa Umbelina a olhar para a paisagem do vale.
Não conseguimos visita guiada porque têm que ser marcadas antecipadamente mas facultaram um flyer que nos permite identificar os vários locais.
A visita às ruínas pode demorar entre 20 minutos a 1 hora, depende da vontade de caminhar.
Junto ao Mosteiro há casa de banho pública, estacionamento e café. Próximo, na junta de freguesia há um posto dos correios.
Escrita a 7 de maio de 2021
Esta avaliação é a opinião subjetiva de um membro do Tripadvisor e não da TripAdvisor LLC.

Luis Santos
Porto, Portugal1 782 contributos
jun de 2020
Este mosteiro foi o primeiro da Ordem de Cister a ser fundado em Portugal, no século XII. É possível ver na fachada a data do início da sua construção: 1152. Apresenta e representa um património com grande valor arquitetónico e cultural da região e do nosso País, quer no exterior, mas essencialmente no seu interior. A visita ao interior do mosteiro é obrigatória!
Escrita a 4 de maio de 2021
Esta avaliação é a opinião subjetiva de um membro do Tripadvisor e não da TripAdvisor LLC.

Isabel - B
Joinville, SC28 contributos
set de 2019
Fiquei surpresa com a beleza e riqueza histórica.Um belo patrimônio que precisa ser visitado. É um local para se passar horas dentro e descobrir cada detalhe nos afrescos e obras de arte em seu interno.
Escrita a 3 de outubro de 2019
Esta avaliação é a opinião subjetiva de um membro do Tripadvisor e não da TripAdvisor LLC.

Ricardo
Vila Nova de Gaia, Portugal8 contributos
ago de 2019 • Família
Visitamos o mosteiro com uma riqueza historial, foi recuperado embora tenha um lindo órgão sem estar a funcionar. Muito bem guiada por uma senhora com um conhecimento profundo do mosteiro. Recomendo vivamente. Muito obrigado pela visita guiada ...
Escrita a 24 de agosto de 2019
Esta avaliação é a opinião subjetiva de um membro do Tripadvisor e não da TripAdvisor LLC.

Lino Raimundo
Gondomar, Portugal99 contributos
jun de 2019 • Casais
Imponente, de uma riqueza cultural e patrimonial incalculável!...há muito tempo que estava curioso para esta visita, não decepcionou!
Escrita a 4 de junho de 2019
Esta avaliação é a opinião subjetiva de um membro do Tripadvisor e não da TripAdvisor LLC.

TAlves
Portugal63 contributos
abr de 2019 • Casais
Excelente encontro com a nossa história. De como o fim das ordens religiosas no século XIX contribuiu para a delapidação do nosso património construído e simbólico e o despovoamento do território. Uma afronta que nos foi feita. Excelente ideia de construir um horto de ervas aromáticas e medicinais no meio das ruínas.
Escrita a 30 de abril de 2019
Esta avaliação é a opinião subjetiva de um membro do Tripadvisor e não da TripAdvisor LLC.

ANAC
28 contributos
nov de 2018 • Amigos
É um local com muita história e com pormenores lindíssimos. Uma pena estar praticamente abandonado (salvo a igreja). A senhora que tem a chave e acompanha as visitas é simplesmente "uma delícia".
Escrita a 24 de novembro de 2018
Esta avaliação é a opinião subjetiva de um membro do Tripadvisor e não da TripAdvisor LLC.

francisca_santos
Figueira da Foz, Portugal167 contributos
nov de 2018 • Casais
E possível visitar a igreja (entrada gratuita) e o núcleo museológico + ruínas (edifício branco em frente à igreja, custo de 3€, com opções de preços reduzidos).
Vale bastante a pena. A igreja e lindíssima, mas as ruínas estão envoltas num mistério que nos leva até a tempos passados. Tem também um pequeno horto, bastante interessante para ver algumas espécies de plantas e especiarias. Recomendo.
Escrita a 3 de novembro de 2018
Esta avaliação é a opinião subjetiva de um membro do Tripadvisor e não da TripAdvisor LLC.

António M. Basto
Porto, Portugal336 contributos
jan de 2017 • Amigos
Nasceu aonde existia um eremitério. Começou por ser Beneditino para depois se transformar no primeiro convento que a Ordem de Cister teve em Portugal. ( séc XII ). Do espólio a destacar a arca tumular do Conde de Barcelos filho bastardo de D. Dinis, os painéis de de S. Pedro, de S. Miguel e o não menos admirável retábulo da N. Sra. da Glória, todos da autoria de Gaspar Vaz ( séc XVI ), o cadeiral. A sacristia é de visita obrigatória . Monumental o dormitório.
Escrita a 18 de setembro de 2018
Esta avaliação é a opinião subjetiva de um membro do Tripadvisor e não da TripAdvisor LLC.

A mostrar resultados 1 a 10 de 39
Falta alguma informação ou encontrou algo errado?
Sugira edições para melhorar o que apresentamos.
Melhorar este anúncio
Perguntas frequentes sobre Mosteiro de São João de Tarouca

Mosteiro de São João de Tarouca está aberto:
  • Ter - Dom 10:00 - 13:00
  • Ter - Dom 14:00 - 18:00