Buraco das Andorinhas

Buraco das Andorinhas, Formosa

Buraco das Andorinhas - Formosa

Buraco das Andorinhas - Formosa
4.5
Corpos de água • Pontos de interesse e marcos de referência • Cavernas e grutas
Sábado
8:00 - 17:00
Domingo
8:00 - 17:00
Informações
Duração sugerida
Mais de 3 horas
Sugira edições para melhorar o que apresentamos.
Melhorar este anúncio
A área
Endereço

4.5
28 avaliações
Excelente
16
Muito bom
7
Razoável
3
Fraco
0
Péssimo
2

Laryssa Estrela
Morrinhos, GO1 contributo
Lugar bonito mas guias sem preparo para atendimento ao público
out de 2021 • Amigos
Se está pensando em fazer o passeio se prepara para ler e reler o que está escrito no site, e se houver duvidas não mande mensagens para sanar, pois o Guia MAURICIO, não é adeptos a perguntas e ele acha que tem as respostas de todas mesmo não sabendo qual são. Se organizem para chegar cedo ao local eles não esperam atraso (nesse ponto concordo pois dão 30 h de tolerância) o caminho é de estrada de chão, e é carros que não são 4x4 demoram mais devido não ser chão batido. Chegando em uma fazenda vc se equipa com cinto luvas e capacete, este ultimo com odor fétido e que no site dizia que tinha suporte pra GoPro, tinha mas quebrado, então não vá achando que tem que não tem. Faz-se uma trilha, achei bem tranquila até um espaço de uma tenda onde o Guia Mauricio explica com um mini curso como fazer o rappel, a explicação dele é boa cheia de detalhes, mas ele não da espaço a perguntas, ele faz questão de ser grosso e arrogante, pois no inicio já fala para prestarem atenção nele pra dps não falar que ele é grosso sem educação. Ao inicio da palestrinha dele, na qual ele não da espaço pra perguntas ele diz para não levar peso ou comida, levem pq a trilha da um cansada e água e um sanduíche ou barra de cereal da forças pra voltar. Outra coisa que ele fala durante sua palestrinha é que tem pausas para fotos maravilhosas que a equipe dele tira (deixa a desejar, são fotos de celulares comuns das quais nós viajantes tiramos melhores). o Rappel é bem tranquilo e bem rápido não dando tempo nem para sentir um medo, controladíssimo por ele e a equipe dele, super seguro. A trilha até a caverna é nível médio muito bem sinalizada. A caverna, incrível água transparente e gelada, comprometida a beleza por falta de iluminação, por ser caverna não bate raios de sol, são feitas por eles iluminações pequenas por lanternas, o que eu acho que como já organizam o passeio há muitos anos poderiam iluminar mais principalmente durante o passeio de bote que não recomendo, achei a experiencia frustada já pelo inicio o guia do bote Rodrigo que deve ter realizado um curso de falta de educação e grosseria com Guia Mauricio que não se pode realizar perguntas que já vem exaltado pra cima de vc e já te julga sem saber, ai faz um passeio pelo lugar escuro onde não se vê muita coisa e não dão espaço pra fotos, tudo muito tenso. Posteriormente faz-se uma foto em cima da pedra por um celular em um tripé na qual as 5 do meu grupo não gostou de nenhuma, pois é meio que tendo pra tirar a foto. O retorno a trilha tbm é nível médio. O almoço é realmente bom até mesmo pq vc chega com muita fome.
Portanto com Exceção dos Guias William e Lucas que são muito tranquilos, e educados. Vá com um balde de paciência e as talvez até preparado pra ser tratado mal. Por ser turismo as pessoas, guias devem ter mais educação, carisma e empatia para com as pessoas que estão pagando-os por esses serviços, e que também poderia ser mais preparados com luzes na caverna e pra fotos.
Escrita a 3 de novembro de 2021
Esta avaliação é a opinião subjetiva de um membro do Tripadvisor e não da TripAdvisor LLC.

Natalia Campos D
1 contributo
Um aventura perfeita
out de 2021 • A sós
Lugar mágico e incrível, vale muito a pena conhecer. O Maurício demostrou muita experiência e foi excelente. Com certeza temos que conhecer esse lugar maravilhoso do nosso Brasil.
Escrita a 17 de outubro de 2021
Esta avaliação é a opinião subjetiva de um membro do Tripadvisor e não da TripAdvisor LLC.

ludcandido
Brasília, DF5 contributos
Lugar lindo, guia compromete a experiência.
set de 2021 • Amigos
O lugar é lindo, mas a experiência fica totalmente comprometida pela presença do guia Maurício, que é desagradável, faz piadas machistas e é totalmente prolixo. Passa muito tempo explicando de forma bastante confusa e, diante das dúvidas, age com arrogância falando coisas como "não façam perguntas, façam o que eu falo". Em boa parte do tempo coloca medo nas pessoas("cuidado para não olhar para baixo porque vc pode ser escalpelado") e depois reclama de ficarmos freiando no rapel e não descermos com desenvoltura - o que é totalmente esperado de pessoas sem experiência e que ainda não tem noção da força necessária para freiar e nem de como coordenar as mãos.
Vale a pena, mas leve uma dose extra de paciência. Para uma pessoa que trabalha com o público, esse cara não tem o menor tato.
Escrita a 13 de setembro de 2021
Esta avaliação é a opinião subjetiva de um membro do Tripadvisor e não da TripAdvisor LLC.

Paloma Ramira
Brasília, DF5 contributos
Guia Maurício
set de 2021 • Amigos
Fizemos o passeio ao buraco das andorinhas em um grupo de 4pessoas no dia 07/09/2021 todos sem nenhuma experiência com rappel.
Ao chegar no local e passado instruções com mais 1hora de duração, mas até aí ok.
O guia Maurício responsável pela parte do rappel demonstrou desde o início muita impaciência para repassar todos os comandos. Apesar de ter muito conhecimento não demonstrou habilidades didáticas para repassar, deixando as pessoas a fazer aquela atividade mais nervosas.
Sempre quando uma pessoa iria descer era muito arrogante, não permitia perguntas. Pra quem estava nervoso, afinal é uma atividade radical. ele tinha um total de zero empatia e não passava nenhum tipo de tranquilidade para as pessoas.
Além dos momentos em que ligava para sua equipe gritando e constrangendo seus funcionários em frente a todos os clientes.
O passeio é lindo, o local e perfeito e tem tudo pra ser incrível mas o Maurício conseguiu estragar o passeio de todos.
Escrita a 8 de setembro de 2021
Esta avaliação é a opinião subjetiva de um membro do Tripadvisor e não da TripAdvisor LLC.

auriane.teixeira
Brasília, DF12 contributos
Trilha radical com grande prêmio no final
mai de 2021 • Amigos
Tive a oportunidade de viver essa aventura neste FDS com minha prima e amigas... Venci o meu medo de altura, grande desafio, mas valeu demais! Equipe profissional, vc se sente bastante seguro até atingir o acesso a gruta ... recomendo aos aventureiros de plantão... trilha radical, nível hard tendo como grande prêmio a Lagoa azul no final!
Escrita a 23 de maio de 2021
Esta avaliação é a opinião subjetiva de um membro do Tripadvisor e não da TripAdvisor LLC.

Abner David T
2 contributos
Experiência negativa por causa do guia Maurício do Itakamã
mai de 2021 • Amigos
Fiz o passeio da Gruta das Andorinhas no dia 16/05/2021 com snorkeling, passeio de bote e rapel. O lugar é muito bonito, mas o preço está superfaturado. 

Esse passeio custa R$195 para ser aproveitado das 8:00 as 14:00, só que na prática o passeio começa as 10:00 por motivos que serão relatados abaixo e termina as 14:00.

Vou dar um exemplo de como esse passeio é superfaturado. Por R$175 é possível fazer Poço Verde e cachoeira do Bisnau em um dia, acampar em um mirante com uma vista linda, no dia seguinte fazer sítio arqueológico e passeio de jardineira. Esse passeio do Bisnau citado acima é mais perto independente se está vindo do distrito de Bezerra ou do Distrito JK. Passeio maravilho que você faz no seu tempo sem ninguém ficar te arrochando.

Voltando ao passeio da Gruta das Andorinhas, é importante ressaltar que toda equipe da Itakamã é bastante prestativa e atenciosa. Essa qualidade atribui a todos os funcionários, exceto ao Maurício responsável pelo passeio. Uma única pessoa em toda a equipe capaz de deixar o passeio totalmente desagradável.

O Maurício demonstra conhecimento técnico, no entanto é uma pessoa insuportável ao ponto de baixar a moral do grupo toda vez que a gente ouvia a voz dele. E o pior, ele não para de falar um segundo. Desde o whatsapp o contato com o responsável pela Itakamã é turbulento. A resposta para cada pergunta tem uma pitada de arrogância. 

Todo o passeio ficou carregado de tensão e medo por parte das pessoas que estavam tendo o primeiro contato com o ecoturismo. Em vez de passar tranquilidade para essas pessoas, o Mauricio passava medo o tempo todo com historias de uma pedra de duas toneladas que caiu em uma menina, uma menina que teve o cabelo escalpelado fazendo rapel em um filme, outro filme que um cara teve que amputar o braço porque ficou preso em uma pedra.

O mesmo durante o seu tempo de instrução tratou de forma leviana pessoas que haviam vivenciados episódios de ansiedade, como por exemplo ataque de Pânico, de forma vexatória, como se problemas psicológicos fossem dignos de desprezo e não um problema de saúde.

As orientações duraram mais de hora com metade do grupo sentado no sol, onde boa parte do tempo o Mauricio utilizava para massagear o seu ego se vangloriando dos esportes que ele participou, das mais de 10 mil pessoas que ele já desceu de rapel(números não conferidos), fora informações sobre suas crenças e religião.

Terminado as orientações, começou a descida do rapel e tudo que foi falado nas orientações ficava sendo repetido inúmeras vezes enquanto as pessoas iam descendo, só que agora com muito mais arrogância. Uma menina, que nunca tinha feito rapel, não tinha entendido o comando que ele tinha dado e perguntou eu coloco a mão aqui? E ele respondeu não faça pergunta, só faça o que eu estou mandando.

Dentre as orientações passada pelo Mauricio durante o rapel, uma era colocar a mão esquerda dentro do mosquetão para fazer uma segunda frenagem entre a corda e o próprio mosquetão, o que é totalmente desnecessário considerando que o rapel padrão com a mão direita atrás da coxa/nádega direita é suficiente para frear a descida, fora que toda a descida estava sendo feita com um membro da equipe Itakamã fazendo a segurança embaixo, o que inutiliza completamente a necessidade de um terceiro freio. 

Única coisa que serviu essa mão no mosquetão foi para dificultar a descida das pessoas que estavam tensas. Pois elas abriam a mão direita para a corda correr, mas fechavam a mão esquerda por tensão. O que era suficiente para o Mauricio ficar fazendo comentários desnecessários do tipo Borá, vai ficar travado ai? O pessoal aqui tá tudo com raiva de você.

No momento que eu fui fazer meu rapel eu disse que faria a minha descida com lances pois já tinha experiência com a atividade. Ele me passou a corda e falou pelo jeito que você segura a corda já vi que não tem conhecimento. Não te recomendo fazer descida radical. Como eu sou bombeiro militar e tenho experiência com o salvamento em altura, julguei que eu não tinha necessidade de passar pelo crivo dele e respondi tudo bem, vou fazer assim mesmo. Comecei a descida sem a mão no mosquetão e ele disse se for pra fazer descida sem a mão no mosquetão eu vou pedir para o segurança te parar(funcionário puxando a corda). O que demonstrou irresponsabilidade da parte dele, considerando que o rapel com lances precisa deixar a mão esquerda livre para proteção das pedras em caso de eventualidade. No bombeiro temos algumas instruções inclusive que nem podemos colocar a mão na corda, muito menos ficar com o dedo preso no mosquetão.

O trato dele não era só ruim com os clientes, mas se via arrogância da parte dele com os funcionários o tempo todo, e não foi em nenhum momento velado, pois as exposições dos funcionários eram feitas aos berros e quando o nosso grupo estava em outra parte da gruta, ainda ouvíamos a arrogância do mesmo via radio dos funcionários. Vi mais de uma vez um dos funcionário abaixando o volume do rádio para evitar o constrangimento.

Diante do exposto, não recomendo de forma alguma o passeio na gruta das Andorinhas ou qualquer outro passeio caso o guia seja o Mauricio da Itakamã.
Escrita a 17 de maio de 2021
Esta avaliação é a opinião subjetiva de um membro do Tripadvisor e não da TripAdvisor LLC.

Monyque A
Curitiba, PR844 contributos
Vale a pena
set de 2020 • Casais
Certamente é um passeio que vale a pena. O local é lindo e o acesso se dá através de uma trilha curta porém íngrime e com pedras. Não recomendo para crianças e pessoas idosas. Há uma lagoa que fica linda com iluminação de lanterna. É possível entrar na água. Também é possível fazer rapel no local. Super recomendo
Escrita a 13 de setembro de 2020
Esta avaliação é a opinião subjetiva de um membro do Tripadvisor e não da TripAdvisor LLC.

duda c
Brasília, DF53 contributos
Difícil, mas lindo
out de 2019
Achei um pouco tenso a descida e a subida do buraco em si, foi uma experiencia diferente, ainda mais pelo rapel que fiz no lugar!! Mas a Natureza sempre nos surpreende com suas belezas.
Escrita a 25 de novembro de 2019
Esta avaliação é a opinião subjetiva de um membro do Tripadvisor e não da TripAdvisor LLC.

Felipipo
Caieiras, SP20 contributos
Maravilhosa, porém arriscada 🥾
mai de 2019 • Casais
Chegando em formosa fomos para este lugar maravilhoso, meu primeiro rapel foi espetacular, entrando no buraco onde passamos alguns medos pois existem pedras Durante o caminho que deixam o passeio um pouco assustador , uma piscina natural linda e fantástica, aproveitamos muito!
Escrita a 26 de maio de 2019
Esta avaliação é a opinião subjetiva de um membro do Tripadvisor e não da TripAdvisor LLC.

Karen N
5 contributos
Um experiência única
fev de 2019 • Amigos
Trilha na mata, sem manutenção, precisa de guia, faça de preferência com botas, legging e blusa de mangas compridas. A princípio a entrada do buraco assusta pela distância da descida, mas chegando lá em baixo compensa muito a descida. Lugar surreal, como se estivesse voltando no tempo
Vale a pena
Escrita a 24 de fevereiro de 2019
Esta avaliação é a opinião subjetiva de um membro do Tripadvisor e não da TripAdvisor LLC.

A mostrar resultados 1 a 10 de 28
Falta alguma informação ou encontrou algo errado?
Sugira edições para melhorar o que apresentamos.
Melhorar este anúncio
Perguntas frequentes sobre Buraco das Andorinhas

Buraco das Andorinhas está aberto:
  • Sáb - Dom 08:00 - 17:00