Constatámos que está a utilizar um navegador não compatível. O Web site do TripAdvisor poderá não ser devidamente apresentado.Compatibilidade com os seguintes navegadores:
Windows: Internet Explorer, Mozilla Firefox, Google Chrome. Mac: Safari.
Aberto hoje: 09:00 - 18:00
Guardar
Partilhar
Reservar com antecedência
1 045
Todas as fotografias (1 045)
Vista completa
Certificado de Excelência
Descrição geral dos viajantes
  • Excelente48%
  • Muito bom32%
  • Médio11%
  • Fraco6%
  • Terrível3%
Descrição
Aberto agora
Horário de hoje: 09:00 - 18:00
Ver todas as horas
Clima local
Fornecido por Weather Underground
24°
13°
set
19°
10°
out
13°
nov
Contacte o
Via Camillo Cavour 1-3, 50129, Florença, Itália
San Lorenzo
Web site
+39 055 276 0340
traduzido por Google
Palazzo Medici Riccardi – Formas de conhecer
a partir de 47,30 US$
Mais informações
a partir de 46,10 US$
Mais informações
a partir de 189,30 US$
Mais informações
a partir de 136,10 US$
Mais informações
Avaliações (754)
Filtrar avaliações
113 resultados
Classificação dos viajantes
53
35
15
6
4
Tipo de viajante
Época do ano
IdiomaPortuguês
Mais idiomas
53
35
15
6
4
Ver o que os viajantes estão a falar:
Filtrarportuguês
A atualizar...
1 - 10 de 113 avaliações
Avaliou em 28 de maio de 2018

Pela correria que foi em Florença, não tive a oportunidade de visitá-lo por dentro, ficando só com uma rápida foto do lado de fora. Depois, conversando com pessoas que foram, cheguei a conclusão de que não perdi grande coisa. O ingresso custa 2 Euros. Florença...Mais

Obrigado Oscar Luiz P
Avaliou em 22 de fevereiro de 2018

Acabei entrando por curiosidade porque eu estava de passagem pela frente, mas não estava em meu roteiro, e realmente não tem muito o que se ver

2  Obrigado Juviagens
Avaliou em 22 de janeiro de 2018

Gostei muito de visitar o lugar, tem várias salas com objetos de arte belíssimos, a arquitetura do prédio também é linda! Vale o passeio, e ainda quando fui, tinha 2 exposições acontecendo bem legais. Não dá pra ir à Florença e não visitar esse lugar...Mais

Obrigado Adriana M
Avaliou em 24 de setembro de 2017

Não é especialmente interessante ou magnifíco, de resto como o Cósimo de Medici pretendeu ao rejeitar o projeto sumptuoso de Filippo Brunelleschi. A noção de perspetiva do revestimento pétreo da fachada, com as grandes pedras toscas do primeiro plano, a pedras mais trabalhadas do segundo...Mais

Obrigado Hugo L
Avaliou em 18 de julho de 2017 via rede móvel

Eu tinha uma grande expectativa sobre esse palácio e saí de lá revoltada. Paguei o preço de 2 ingressos sem que sequer havia fiscalização na entrada, qualquer um podia subir e simplesmente não havia praticamente nada a ver visto. Depois de subir e descer várias...Mais

2  Obrigado Larissa B
Avaliou em 9 de maio de 2017

Pode deixar este palácio para o fim da sua visita a Florença. A capela é deslumbrante. Não é o expectável nem comparável ao Pitti nem a Uffizi.

Obrigado Joao S
Avaliou em 27 de março de 2017

Sinto que perdi algo de especial ai. Terei que voltar em breve. O átrio e o jardim são belos. Entrei pela curiosidade.

Obrigado Elias_Rovielo
Avaliou em 28 de fevereiro de 2017

Palazzo Medici Riccardi: visitamos apenas no piso terreo(sem custo de ingresso). Estátuas, arcos, jardim e laranjeiras

1  Obrigado heckmann17183
Avaliou em 8 de fevereiro de 2017 via rede móvel

Dá para ter uma ideia de como a familia mais rica da altura vivia. O valor da entrada é de 10 euros mas só se tem acesso ao primeiro piso. Mesmo assim, acho que valeu a visita.

1  Obrigado Jessica F
Avaliou em 24 de novembro de 2016

Confesso que tinha muita curiosidade de ver onde morou a familia mais rica da Europa. Para minha surpresa a familia que criou o sistema bancário e tinha o dominio do comércio morava em um castelo sóbrio e austero, com belas esculturas, pinturas e um jardim...Mais

2  Obrigado Eduardodieguez
Ver mais avaliações
Perguntas e respostas
Obtenha respostas rápidas dos funcionários e dos turistas anteriores de Palazzo Medici Riccardi.
Nota: a sua pergunta será publicada na página de Perguntas e respostas.
Enviar
Diretrizes de publicação