Todos os artigos 3 dias perfeitos em Madrid

3 dias perfeitos em Madrid

Jesse Scott
Por Jesse Scott7/12/2023 8 minutos de leitura
Turistas a caminhar pela Plaza Mayor, em Madrid
Plaza Mayor
Imagem: Kristijan Arsov/Unsplash

Existem infinitas razões pelas quais adoramos Madrid. Tem uma mistura única de histórico e moderno: palácios e monumentos escondidos entre edifícios de estilo mudéjar e barroco espanhol. A cidade está repleta de museus, galerias de arte, boutiques e festivais de música. E, claro, a comida: ainda pensamos nas muitas refeições com estrelas Michelin, bem como nas tradicionais tapas, como patatas bravas e omeletas espanholas.

Num mundo ideal, teríamos meses para explorar a capital espanhola, mas três dias é tempo suficiente para ter uma ideia real da cidade. Veja a nossa lista de atividades a não perder com sugestões da nossa comunidade de viajantes.


DIA UM

Polvo no La Malontina, Madrid
La Malontina
Imagem: Management/Tripadvisor

MANHÃ: explore um parque icónico

Madrid é movimentada: é o lar de mais de 3 milhões de residentes e de um trânsito intenso, especialmente durante a hora de ponta, das 07:30 às 09:30. Por isso, vamos começar esta viagem tranquilamente no maior parque da cidade, o El Retiro. Distribuído por 142 hectares, possui percursos pedestres tranquilos, o Monumento a Alfonso XII, a árvore mais antiga de Madrid (uma conífera mexicana fora do portão de Felipe IV do século XVII), e o Palácio de Cristal. Além disso, o Museo Nacional del Prado, o museu de arte mais famoso de Espanha, fica a dois quarteirões a leste do parque. Quando a fome apertar, o Ramsés é um restaurante elegante que serve pratos tradicionais espanhóis num terraço encantador.

TARDE: exploração museológica

Para um estímulo à tarde,caminhe alguns quarteirões a sudoeste do museu do Prado até ao Etual Café. A loja é especializada em café artesanal e tem um bonito cão chamado Oliver que gosta de se enrolar nos seus pés. Ao virar da esquina, o La Malontina está aberto para almoçar (e jantar, também). O espaço pequeno e íntimo coloca o foco na gastronomia internacional sofisticada. Prove as bochechas de porco regadas com um molho de cacau e morango. (Não precisa de agradecer.) Aventure-se pelo norte até ao centro cultural CentroCentro, com programas de arte, dança e música que apresentam grandes nomes, como Monet e artistas gráficos locais.

O que os viajantes dizem: "Na Plaza De Cibeles, o CentroCentro (ou Palacio De Cibeles) era o antigo Palacio de Comunicaciones e Palacio de Telecomunicaciones. Este edifício foi construído entre 1907 e 1919 e é um excelente exemplo da arquitetura neoplatesca. Vê-lo durante o dia é incrível, mas à noite é mágico quando iluminado. Bónus: tem várias exposições com entrada gratuita." – @293neilk

EXCURSÕES SOBRE HISTÓRIA EM MADRID

  • A The Essential Madrid Tour é uma aventura de 2,5 horas até Puerto del Sol, Plaza Mayor e Palácio Real, entre várias outras paragens culturais.
  • A Spanish Inquisition & Legends of Old Madrid é uma opção noturna que explora histórias de fantasmas por toda a cidade. Para a excursão de duas horas, conte com um contador de histórias fantasiado a liderar o caminho.

NOITE: desfrute de um jantar e de um espetáculo

Esta noite, vamos mergulhar no coração de Madrid. Jante num dos restaurantes mais antigos da cidade, o Posada De La Villa. Escondido numa pousada do século XVI, é conhecido pelos seus guisados fartos e pelo borrego assado preparados numa grelha castelhana a lenha. Dirija-se a alguns quarteirões para norte até à praça principal de Madrid, a Plaza Mayor, com duas torres opulentas e mais de 270 varandas românticas. Se não comeu churros suficientes esta manhã, experimente-os no local mais famoso da cidade, a Chocolatería San Ginés, alguns minutos a norte. Termine a noite na Sala Equis. Este antigo cinema para adultos foi transformado num bar moderno e num espaço para eventos, com exibições de filmes e concertos independentes. Sugestão: consulte a programação com antecedência para assistir a um espetáculo.

Desvios que valem a pena ao longo do caminho

DIA DOIS

Piscina no The Edition, Madrid
The Edition, Madrid
Imagem: Management/Tripadvisor

MANHÃ: relaxe no luxo

Não há nada melhor do que acordar no The Madrid EDITION, um local elegante com uma escadaria impressionante, uma piscina no terraço coberta por uma cabana e um elegante bar na receção com uma mesa de piscina deslumbrante. Reponha energias com um pequeno-almoço no restaurante mexicano Jerónimo, que serve um extenso buffet, bem como excelentes pratos de tortilhas de ovo. A partir daí, apanhe um táxi para o Museu Lázaro Galdiano no bairro Castellana. Esta imponente mansão de tijolos revestida com varandas de ferro abriga, agora, uma coleção de arte homónima com joias, cerâmicas e manuscritos, entre outros tesouros.

O que os viajantes dizem: "Passámos algumas horas maravilhados com as pinturas, joias, móveis e outros artefactos que datam dos tempos visigótico e romano até meados do século XX. É uma coleção maravilhosa apresentada numa antiga casa com belos tetos pintados. Foi bom fugir do movimentado centro da cidade e caminhar pelas ruas largas, parando para tomar um café em alguns dos cafés atrativos, como o de cocktails e tapas em frente ao museu." – @Teabag

TARDE: compre até se cansar

Tem a oportunidade de fazer uma terapia de compras. Antes de sair de Castellana, visite a Sana Locura Bakery, onde tudo (empanadas, buñuelos e baguetes) é isento de glúten. Em seguida, dirija-se para sul até ao bairro de Salamanca. Como enclave comercial de luxo e centro de restaurantes elegantes de Madrid, Salamanca possui magníficas ruas repletas de boutiques, incluindo Serrano, Claudio Coello e José Ortega y Gasset. Pode passar um dia inteiro a explorar marcas de luxo como Louis Vuitton e Prada, bem como lojas locais, como a loja de roupas femininas BDBA (a sua principal localização) e a Man 1924, que é um marco em Madrid há quase um século.

EXCURSÕES NO BAIRRO DE MADRID

  • Com uma aventura Private Eco Tuk Tuk, deslocar-se faz parte da diversão. Esta excursão guiada percorre a cidade, parando ou passando por mais de uma dúzia de ícones de Madrid, como os Jardins de Sabatini e a Fonte de Cibeles.
  • Para uma viagem de um dia, faça uma Excursão a Ávila e Segóvia, duas das cidades mais estimadas da grande Madrid. O bilhete inclui entrada na Basílica de São Vicente, no Alcázar de Segóvia e noutros locais históricos.

NOITE: saia pela cidade

Prepare-se para a festa! Caminhe 15 minutos a oeste de Salamanca ou apanhe um táxi (estão por toda parte, como já deve ter reparado) até ao bairro de Malasaña. Com um ambiente visivelmente mais jovem, é aqui que encontrará os bares mais movimentados de Madrid. Mas, antes de começar a beber, mime-se no La Tasquita de Enfrente, um restaurante requintado com menus de degustação focados em ingredientes locais. Os nossos locais favoritos são o amplo Sideral Club com uma cave que parece uma caverna e jams de DJ, bem como o Cabreira, que serve tapas e vinho com vista para a Plaza Dos de Mayo.

Desvios que valem a pena ao longo do caminho

DIA TRÊS

Dança de flamenco no Corral de la Moreria, Madrid
Corral de la Moreria
Imagem: Management/Tripadvisor

MANHÃ: procure mercados locais

Partindo do princípio de que não exagerou na sangria, no vermute ou na cerveja Mahou na noite passada, prepare-se para um último dia divertido em Madrid. Dirija-se a La Latina, o bairro mais antigo de Madrid e uma pérola escondida. Passeie pela Plaza de la Paja, uma praça pitoresca com palácio, igreja e jardim secreto tudo-em-um. É o mais tranquilo possível. Para desfrutar de um snack, dirija-se ao Mercado la Cebada, um dos mercados públicos locais de Madrid (sem turistas). Explore as bancas no interior e prepare a sua própria refeição com os vendedores de queijo, fruta e pan con tomate.

EXCURSÕES GASTRONÓMICAS EM MADRID

  • Através de uma viagem de três horas, a excursão de degustação de vinho e tapas em Madrid apresenta o bacalhau salgado, o guisado de grão-de-bico e outros pratos locais favoritos.
  • O Cooking Clubhouse oferece um punhado de aulas e experiências centradas na gastronomia espanhola, incluindo a sua popular aula de culinária de paelha. Está incluído vinho à discrição, por isso, venha com sede.

TARDE: viva como a realeza

Para seguir os passos de reis e rainhas, visite o Palácio Real de Madrid, a apenas 10 minutos a norte. Inaugurado em 1751 e com mais de 3400 quartos, é a residência oficial da família real espanhola e o maior palácio da Europa. Estão disponíveis excursões onde pode admirar a enorme escadaria de entrada, a arte centenária e muito mais. Para terminar a tarde, regresse a La Latina para ver o pôr do sol no Parque de la Cornisa, junto à Basílica de San Francisco el Grande.

O que os viajantes dizem: "O Palácio Real de Madrid é imperdível em Espanha. Além de ser um edifício fantástico, tem uma enorme quantidade de artefactos que ligam a história espanhola, europeia e mundial. O interior é incrivelmente luxuoso e impressionante. Sugiro reservar um bilhete com antecedência para evitar esperar na fila." – @Alexander V

NOITE: veja bailarinos de flamenco

Para o seu último jantar, visite um dos favoritos de La Latina, o Juana La Loca, que tem, provavelmente, a melhor omeleta espanhola da cidade. A partir daí, assista a um espetáculo de flamenco no Corral de la Morería, nas proximidades, um destino tanto para habitantes locais, como para visitantes. Outra opção de flamenco mais recente é o íntimo Flamenco de Leones, a norte de El Retiro. Só acomoda 70 pessoas por espetáculo, por isso, certifique-se de que reserva os seus bilhetes com antecedência.

Desvios que valem a pena ao longo do caminho

Saiba antes de ir


De março a maio, o tempo está mais quente, em torno dos 16 aos 21 graus. Ainda pode ficar um pouco frio à noite, com mínimas em torno dos 4 graus, por isso, faça as malas tendo isto em conta. O primeiro dos três grandes festivais anuais de Madrid, a Fiesta de San Isidro, acontece em maio, com touradas, desfiles, festas e arte pública.



Se quiser desfrutar da vida noturna de Madrid, os melhores dias são de quinta a sábado. Os negócios podem ter reduzido o horário aos domingos e os museus estão, normalmente, encerrados às segundas-feiras.



A maioria das lojas está aberta das 09:30 às 13:30 e das 17:00 às 20:00. Fora do horário do pequeno-almoço, a maioria dos restaurantes abre para o almoço nos dias da semana das 13:00 às 16:00 e, para o jantar, das 20:30 às 23:00. Geralmente, os museus estão abertos de terça a domingo das 10:00 às 20:00. Os bares ficam abertos até às 02:00 ou 03:00 todos os dias, com alguns a prolongar-se até às 06:00 aos fins de semana.



Salamanca: O Hotel Fénix está repleto de charme de cinco estrelas, incluindo uma escadaria com tapete vermelho, uma impressionante cúpula de vidro azul e vistas panorâmicas da Plaza de Colón em quartos selecionados. Entre as suas ofertas gastronómicas no local estão o popular japonês internacional Zuma e o seu restaurante no terraço La Aduana.

Chueca: a poucos passos de Salamanca, o Only You é uma opção boutique com um bar no local. Cuidado, as suas margaritas são maravilhosamente fortes. Para os clientes, há uma máquina de gelados com iguarias gratuitas, elevadores com livros como paredes, um extenso buffet de pequeno-almoço e uma decoração caprichosamente moderna em cada esquina. É sofisticado sem ser pretensioso.

Gran Vía/Plaza Mayor: o Palacio de los Duques é um palácio do século XIX que foi convertido num hotel, a poucos passos da Plaza Mayor. O seu restaurante no local, o Dos Cielos, está situado em antigos estábulos e tem impressionantes paredes de tijolos e um menu com preço fixo. Entre a Plaza Mayor e o El Retiro, o The Westin Palace remonta a 1912 e tem uma cúpula de vidro digna do Instagram.



Transportes públicos: o metro de Madrid celebrou o seu 100.º aniversário em 2019. Atualmente, possui 13 linhas e mais de 240 estações. Funciona sete dias por semana, das 06:00 às 02:00. Estão disponíveis vários passes para compra nas estações, incluindo opções de 10 viagens, de 30 dias e turísticas. O bilhete turístico permite viagens ilimitadas de um a sete dias em zonas designadas. Para autocarros públicos, a EMT (Empresa Municipal de Transportes de Madrid) abrange 200 rotas diferentes, ligando todos os cantos da cidade.

De comboio: os comboios Cercanías costumam circular das 05:00 à meia-noite e ligam a cidade aos subúrbios. A sua rede tem aproximadamente 90 estações. É um comboio mais rápido do que o metro, embora os tempos de espera entre comboios possam ser de até 30 minutos.

De bicicleta: Madrid tem bicicletas elétricas conhecidas como Bicimad. Dentro das suas mais de 600 estações por toda a cidade, existem mais de 7500 bicicletas para alugar. Registe-se nas estações e opte por um acesso anual à rede ou um passe de "uso ocasional" de um a cinco dias. As bicicletas custam 2 Euros na primeira hora e 4 Euros em todas as horas seguintes.

De táxi: mais de 15 000 táxis operam em Madrid e estão facilmente disponíveis nas ruas. Verá uma luz verde na parte superior da maioria ou "LIBRE" se estiverem disponíveis. Quanto aos números nos capôs, 1 indica disponibilidade urbana, 2 significa acesso suburbano e 3 são viagens apenas para aeroportos.

De carro: Madrid tem um dos trânsitos mais intensos da Europa, com mais de 3 milhões de carros nas ruas. Além de prestar atenção a ciclistas, scooters, peões e motociclos que muitas vezes serpenteiam no trânsito, esteja ciente dos baixos limites de velocidade. São 30 quilómetros por hora em ruas de uma única faixa, que perfazem mais de 80 por cento das estradas da cidade.