Todos os artigos 7 dias em Itália: como ver Veneza, Florença e Roma numa semana

7 dias em Itália: como ver Veneza, Florença e Roma numa semana

Um grupo de viajantes a observar o Coliseu de Roma
Imagem: TFILM / Getty Images
Dawn Yeo
Por Dawn Yeo12/01/2022 6 minutos de leitura

Com comboios de alta velocidade para viajar rapidamente entre as cidades, uma semana é tudo o que precisa para conhecer o melhor das cidades mais amadas de Itália. Vai demorar apenas meio dia para se deslocar entre Veneza, Florença e Roma, ficando com bastante tempo para explorar, com a ajuda de excursões e pacotes que vão garantir que chega aonde tem de chegar.

Comece a sua aventura na magnífica cidade de Veneza, seguida de uma paragem de dois dias em Florença e, por fim, termine na majestosa Roma. Veja tudo o que pode fazer em sete dias, desde demonstrações de sopragem de vidro veneziano a excursões de Vespa nas colinas da Toscana.

O que fazer em Veneza

Dia 1: Mercado de Rialto e Basílica de São Marcos

Um grupo de turistas numa gôndola pelo canal de Veneza
Imagem: Kevin B / Tripadvisor

A verdadeira Veneza escondida: 9:00 – 11:00

Comece o seu primeiro dia nesta cidade flutuante com uma excursão íntima de Veneza pelos olhos de um guia veneziano nativo. Descubra várias pérolas escondidas em Veneza enquanto explora os pequenos canais de Cannaregio, o Mercado de Rialto e San Polo, onde poderá encontrar os mascareri(fabricantes de máscaras) mais antigos. Deixe-se encantar pelos guias turísticos apaixonados e pelas suas histórias e descubra locais de comida fora do radar.

Exterior da Basílica de São Marcos
Imagem: Management / Tripadvisor

Basílica de São Marcos e Palácio Ducal: 14:00 – 17:00

Depois do almoço, vá até ao Museu Correr para começar a explorar duas das principais atrações de Veneza: a Basílica de São Marcos e o Palácio Ducal. Os bilhetes sem filas dão-lhe acesso imediato ao terraço privado do primeiro andar da Basílica de São Marcos que, normalmente, não é aberto ao público. A próxima paragem é o Palácio Ducal, onde pode visitar o opulento Salão do Grande Conselho enquanto aprende sobre a sua história e começos nada promissores.

Dia 2: Murano, Burano, Torcello e degustações gastronómicas privadas

Um soprador de vidro a preparar vidro veneziano
Um soprador de vidro a preparar vidro veneziano
Imagem: Alper T / Tripadvisor

Excursão de meio dia por Murano, Burano e Torcello: 9:30 – 14:00

Comece o segundo dia com uma excursão por Murano, Torcello e Burano, as três icónicas ilhas espalhadas pela Lagoa de Veneza. Veneza é famosa pelos seus sopradores de vidro e não há melhor lugar para o apreciar do que a ilha em que é diariamente trabalhado.

Murano possui uma série de fábricas de vidro, onde pode ver sopradores de vidro esculpir peças magníficas em fornos especiais, com técnicas antigas de mais de 1000 anos. Vá de cruzeiro até Torcello, uma ilha menos conhecida com igrejas e palácios ornamentados, incluindo as ruínas escavadas do batistério da Igreja Santa Fosca. Por fim, saia em Burano, uma ilha movimentada que é conhecida pela produção tradicional de rendas e pelas casas de pescadores coloridas. Tire uma fotografia em frente às casas multicoloridas ao longo dos passadiços de Burano e às intrincadas peças de renda exibidas no Museo del Merletto.

Uma pessoa a segurar um gelado em Roma
Uma pessoa a segurar um snack italiano em Roma
Imagem: Rachel P (left), daan (right) / Tripadvisor

As 10 degustações de Veneza com locais: excursão gastronómica privada: 17:00 – 20:00

O jantar é organizado com esta extensa excursão privada de vinhos e comida que vai proporcionar-lhe uma verdadeira amostra do que a gastronomia veneziana tem para oferecer. Experimente pratos italianos como mozarela fresca, pequenos pratos de cicchetti, espumante prosecco e gelados de restaurantes autênticos pouco conhecidos.

De Veneza a Florença

Agora, viaje até Florença, que fica a cerca de 2 horas e 15 minutos de comboio da Estação de Santa Lucia de Veneza (o último comboio parte às 19:25) até à Estação Santa Maria Novella de Florença. Consoante o comboio e o tipo de lugar que escolher, os bilhetes costumam custar entre 20 e 35 € (22,70 – 39,70 USD). Normalmente, os comboios mais baratos têm mais escalas e demoram mais tempo.

A segunda melhor alternativa é de autocarro. A Itabus, a Marinobus e a Flixbus oferecem serviços desde Mestre e Tronchetto em Veneza até à paragem de elétrico Villa Costanza de Florença. Depois, pode apanhar o elétrico até ao centro de Florença. Embora o autocarro possa demorar até quatro horas e meia, os bilhetes custam apenas entre 8 e 12 € (9 – 13,60 USD) e o último autocarro sai mais tarde, às 21:50.

O que fazer em Florença

Dia 3: Uffizi e Accademia

Arte na Accademia e Uffizi em Roma
Imagem: Management / Tripadvisor

Excursão a pé pela Accademia e Uffizi: 10:30 – 14:30

Comece o seu dia ao juntar-se a esta excursão a pé privada para visitar a Accademia e Uffizi, duas das galerias de arte renascentista de Florença. Terá acesso sem filas para admirar obras como O Nascimento de Vénus de Botticelli e as icónicas estátuas de Miguel Ângelo. A excursão continua pela Praça Duomo e pela Piazza Della Signoria, onde vai aprender mais sobre a história próspera de Florença.

Dia 4: colinas da Toscana e massas artesanais

Excursão de Vespa pelas colinas da Toscana
Imagem: Sorin V / Tripadvisor

Excursão de Vespa de Florença pelas colinas da Toscana: 8:30 – 13:30

Desfrute da magnífica paisagem da Toscana numa Vespa vintage nesta excursão de meio dia. Vai começar na cidade, na Igreja de San Miniato al Monte, antes de seguir para as colinas da Toscana e os seus campos ondulantes. Admire as extensas vinhas e campos de papoilas enquanto o seu guia partilha informações acerca da história e cultura da Toscana. Também vai parar no Piazzale Michelangelo, um bairro com vistas deslumbrantes de toda a Florença, antes de desfrutar de uma autêntica refeição toscana num terraço privado na cidade.

Um homem a enrolar massa numa aula de confeção de massas em Roma
Um prato de massa acabado de fazer numa aula de confeção de massas em Roma
Imagem: Voyager61046493178 (left), Relax30725941077 (right) / Tripadvisor

Aula de confeção de massas de raiz para pequeno grupo: 17:00 – 20:00

Esta aula de confeção de massas proporciona-lhe uma verdadeira experiência italiana, com demonstrações práticas que vão ensinar a preparar ravioli, tagliatelle e esparguete do nada. Com ingredientes frescos e sazonais, experimente fazer massas artesanais e molhos italianos autênticos. Saboreie os frutos do seu trabalho no fim da aula, combinados de forma perfeita com uma seleção de vinhos italianos.

De Florença a Roma

Tal como na etapa anterior da sua viagem, viajar de comboio é provavelmente o mais eficiente. A Italo e a Trenitalia operam comboios que saem da Estação Santa Maria Novella (o último comboio sai às 22:45) e chegam à estação Roma Termini de Roma, que fica perto de muitas atrações populares. Esta viagem de 1 hora e 40 minutos pode custar entre 20 e 80 € (22 – 90 USD), consoante a antecedência com que reserva os bilhetes. Também pode apanhar o autocarro, que custa cerca de 20 € (22 USD), mas demora até quatro horas.

O que fazer em Roma

Dia 5: Coliseu, Fórum Romano e distrito Prati

Turistas a explorar o Coliseu de Roma
Imagem: Stanley Kustamin / Unsplash

Excursão guiada pelo Coliseu Subterrâneo, Arena e Fórum: 13:00 – 16:00

Inicie a parte romana da sua viagem no Coliseu, o maior anfiteatro do mundo que permanece em pé, e veja partes que normalmente estão inacessíveis ao público em geral. Obtenha informações privilegiadas acerca da história e dos primórdios do Coliseu através de uma excursão de áudio, bem como uma entrada sem filas na Arena e no Fórum Romano.

Comprar carnes curadas em Roma
Imagem: Joey Mõ Mõ / Tripadvisor

Excursão gastronómica ao pôr do sol pelo distrito Prati: 18:30 – 22:30

Mergulhe de cabeça nas especialidades romanas com esta excursão gastronómica a pé pelo bairro Prati e prove iguarias locais enquanto observa o pôr do sol no horizonte. Desfrute da mozarela de búfala, da deliciosa piza de uma das mais célebres pizarias de Roma, de carnes curadas gourmet e de gelados artesanais para terminar o dia. Vai apreciar a parte a pé da excursão depois de toda a comida deliciosa que vai saborear.

Dia 6: Cidade do Vaticano, Capela Sistina, Catacumbas e Criptas Romanas

Capela Sistina no Vaticano
Imagem: Roma Experience / Tripadvisor

Excursão pelo Vaticano, Capela Sistina e Basílica de São Pedro: 8:45 – 11:45

Os bilhetes sem filas garantem-lhe acesso imediato ao Vaticano, o país mais pequeno do mundo e sede da Igreja Católica Romana. O Vaticano também abriga algumas das mais icónicas peças de arte e arquitetura do mundo, como as Salas de Rafael nos Museus do Vaticano, o teto de Miguel Ângelo na Capela Sistina e o teto e retábulos pintados a ouro na Basílica de São Pedro.

Excursão a pé pelas Catacumbas e Criptas Romanas: 14:30 – 18:00

Explore as áreas menos visitadas da cidade e descubra a história das catacumbas e criptas subterrâneas de Roma com esta excursão a pé. Vai atravessar a Via Ápia, obter acesso sem filas à Basílica de São Clemente e descer até às misteriosas capelas da Cripta dos Capuchinhos. Vai contar histórias das Catacumbas de Domitila nos próximos anos.

Dia 7: excursão por Roma no sidecar de uma Vespa

Uma Vespa pelas ruas de Roma
Imagem: sarah / Tripadvisor

Roma no sidecar de uma Vespa: 9:00 – 12:30

Há melhor forma de concluir esta louca aventura de uma semana do que com uma excursão por Roma no sidecar de uma Vespa? Viva a sua grande fantasia de “Férias em Roma” e passeie pela cidade com o seu próprio guia, que vai levá-lo a pontos de referência populares, como a Piazza della Repubblica, a Fonte de Trevi, a Praça de São Pedro e o bairro de Trastevere. Termine a sua excursão com um tradicional pequeno-almoço romano e algumas memórias inesquecíveis.

Mais artigos semelhantes: